quinta-feira, 27 de julho de 2017

O Literato: episódio 5: Linguarudos




                
            Bom dia, Boa tarde, Boa Noite, meu nome é Carlinhos Alves, direto de Fortaleza, com mais uma edição do podcast, O Literato, com resenhas de livros, comentários sobre filmes e séries baseados em literatura escrita, além de entrevistas, de memórias culturais e histórias de músicas e poesias que marcaram todas as épocas.
            No 5° podcast, vamos falar sobre o livro: Linguarudos, uma coletânea de textos meus reunidos em anos de escrita na internet.


            Vou usar aqui o prefácio do livro: Sete anos contribuindo com a sociedade na rede

            Em 2009 eu já estava escrevendo no terceiro blog. Tinha estado escrevendo antes no blog que a UOL disponibilizava e antes um que a Globo.com também nos permitia escrever.  Depois veio a possibilidade de escrever na plataforma Blogger e exercitar minha veia literária e jornalística já que na época estava cursando  Jornalismo na Fanor.
            Foi um tempo de descobertas de áudio com os podcasts, de vídeos com o Youtube e outros canais que surgiam quase sempre na rede mundial de computadores.
            Antes mesmo de digitar mesmos textos online eu escrevia em uma pequena agenda meus pensamentos sobre o mundo que me cercava e alguns sentimentos íntimos que acabei por compartilhar no Wordpress que será também base para um livro futuro sobre minha biografia básica.
            Aqui nessa obra você verá um pouco do que penso sobre os principais acontecimentos políticos, esportivos, artísticos e culturais. Não quero aqui ser o senhor da verdade, mas apenas colocar que eu tenho uma expressão e que gosto que as pessoas saibam minha visão sobre algo em particular, ou algo geral.

            Muitas vezes minha vida correu para caminhos diferentes de que eu imaginava, mas nunca deixei de ler bastante e de escrever intensamente.
            Ironicamente meu sonho de escrever um livro veio com a internet e com o portal Clube de Autores, quando ano passado , depois de 12 anos, o meu o primeiro livro um romance chamado Caminhos Marginais surgiu e está a disposição como esse exemplar para compra em pdf ou mesmo a versão impressa.
            O titulo “Linguarudos” veio de uma escolha que fiz entre vários outros nomes e por isso achei adequado pensar bastante sobre ele.  O que quis remeter com essa escolha é que a gente só consegue melhorar o nosso país ou nossas instituições e a sociedade como um todo com nossa participação em vários momentos sejas nas manifestações das ruas, seja na escola, nos bairros pobres, etc.
            Tem os contos como minhas criações literárias, as crônicas como construção de um pensamento sobre determinado momento político do futebol.
            As poesias que marcaram momentos de dor, de reflexão e foi expressão realmente de inspiração.
            A parte maior deste livro é a segunda parte onde contem as opiniões, onde me posiciono sobre vários temas.
            Na última parte tem as reportagens e vivencia da minha época de estudante de Jornalismo, como também uma entrevista que realizei com um vereador representante do bairro Vila União e que foi publicado em jornal com mesmo nome. E no fim as resenhas de filmes e livros.
            Você pode até discordar ou não gostar, mas pelo menos veja que o que foi escrito foi baseado sempre em experiências minhas que me colocaram na defesa de um lado da sociedade.
            Formei-me em Jornalismo e durante a graduação fui abrindo os olhos para ver como nossa profissão é desvalorizada e como os jornalistas são servos de uma mídia cada vez mais conivente com políticos de direitas e duros com os governos progressistas.
            Não desisti de ser jornalista, mas gosto mais de escrever assim para blogs e para livros colocando o que eu penso e o que estudo e entendo sem ser pautado por um editor qualquer que queira mandar no nosso olhar. Viva sempre a liberdade!
Carlinhos Alves

            O autor, Carlinhos Alves, sou eu, nasci em Fortaleza, no Ceará, em 27 de julho de 1979. Formei-me em Jornalismo na Fanor em 2015, sou escritor desde cedo. Sempre gostei muito de escrever. Antes escrevia em meu caderno e me comunicava por cartas com as pessoas que eu mais gostava como meu irmão Neto Alves e algumas paqueras. Em 2003 em 13 dias escrevi o livro Caminhos Marginais em um caderno que ainda guardo, mas somente 13 anos depois a ideia saiu do papel e virou livro.
            Tive atuação política de esquerda, mas nunca fui adiante, acabei deixando a participação política, mas hoje ainda debato bastante na internet, sobre os acontecimentos que nos cercam.
            Criei há poucos meses o podcast: FutCearaCast que semanalmente trás um pouco da história do futebol cearense, áudio e texto.
            Vou ler uma poesia para vocês:
                                               03/04/2012:      
                                   (Iludido por te querer)
           
                        Esqueci-te, sem te esquecer
                                   Perdi-te sem te ter
                        Amei-te em um gozo de prazer
Consciente da distância entre nós dois eu me alegrei ao te conhecer.

Cada dia que passo te admiro mais
Olho-te mais, te quero mais
Noutro dia você era apenas alguém que passava
Num lapso de tempo você se tornou a brilhante luz cortante nos céus

Um bobo perdido eu fiquei, o frio de antes ficou para trás, o carinho encheu meu coração de paz, certeza de que o cansaço não mais pode vencer o amor que você me dar.

                        Vou deixar abaixo deste texto, links, para você poder comprar o livro, ou baixar grátis.
            Agradecimentos a toda audiência deste podcast. Edição e narração Carlinhos Alves, na busca por desbravar o mundo imaginário, às vezes real e duro e às vezes poético e belo, abraço e até uma próxima vez.

Links:

          
Postar um comentário